Diretor do anime de Fullmetal Alchemist acha que elenco do live action ser completamente japonês é uma má ideia

O filme live-action de Fullmetal Alchemist ainda está em estágio de produção, mas uma crítica importante ao filme já foi disparada, ela vem de ninguém menos que o diretor do anime na qual a obra se baseia.

A crítica foi feita durante uma palestra recente realizada em Tóquio. Segundo Seiji Mizushima é uma má ideia usar apenas atores japoneses no filme. “Se você me perguntar se eu acho que eles vão conseguir fazer uma boa adaptação, eu diria que não. É difícil para os atores capturarem o visual e a sensação do mangá original”, disse ele.

Ainda assim, Mizushima disse que torce pelo sucesso do filme, mesmo que não concorde com todas as decisões tomadas na hora de produzi-lo.

O diretor ainda comentou o live action de Gintama, lançado recentemente. Segundo ele, a produção tinha visuais bem idiotas, e caso você não saiba do que ele falou, abaixo seguem algumas imagens para você entender melhor:

Enfim, o filme de Fullmetal Alchemist estreia no mundo todo no dia 1 de dezembro desse ano.

Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade