Dragon Ball Z tem diversas batalhas memoráveis, e uma dessas lutas certamente é a dos Guerreiros Z contra Freeza em Namekuzei, mas se você for parar para analisar a luta, há um pequeno furo no enredo dela, e hoje explicaremos o motivo dele.

Atenção, falaremos sobre spoilers de Dragon Ball Z abaixo. Você foi avisado.

No combate entre Vegeta, Piccolo, Gohan e Kuririn contra Freeza, o vilão mostrou as diversas transformações dele, e isso inicialmente não era algo que foi exatamente planejado por Akira Toriyama.

Segundo uma entrevista dele no livro comemorativo de 30 anos de Dragon Ball Z, Toriyama revelou que a ideia era Freeza ter transformações, mas que no final das contas, quatro transformações foram demais, e ele talvez devesse ter parado em três.

Uma dessas transformações foi a terceira transformação de Freeza, que de longe é a mais ameaçadora dela visualmente, como vocês podem conferir abaixo:

Como vocês devem lembrar, essa forma foi atingida porque Freeza perdeu a luta contra Piccolo em sua segunda transformação.

Ao fundir-se com Nail, Piccolo acabou ficando forte pra caramba, e sendo mais do que o suficiente para vencer Freeza na transformação que fazia ele chegar ao poder de luta de 1 milhão, poder o suficiente para bater tanto Kuririn, quanto Gohan e Vegeta, que até então ofereciam algum tipo de desafio a ele.

Na terceira transformação, Piccolo achou que ainda teria a vantagem contra Freeza na velocidade, mas o que vimos foi Piccolo apanhando por boa parte do tempo, e Gohan conseguindo causar algum dano nele apenas no momento em que o garoto ficou irritado e despertou o poder verdadeiro dele.

O problema é que todo o dano causado a ele foi esse e o rabo cortado por Kuririn, já que ninguém conseguia causar nenhum tipo de oposição ao vilão. Por que ele se transformou na sua forma final e mais delicada, porém muito mais poderosa?

O motivo revelado por Toriyama no livro dos 30 anos de Dragon Ball Z foi o seguinte: “porque era mais fácil de desenhar”.

Abaixo, você confere a parte da entrevista onde eles falam sobre as transformações de Freeza:

Foi algo chocante quando Freeza revelou que ele conseguia se transformar três vezes.

“Eu não planejei isso também (risos). Eu pensei algo como “isso é demais, eu deveria ter feito ele dizer que podia se transformar apenas duas vezes (risos)”.

Então é por isso que a terceira transformação de Freeza, a mais complexa de todas, entra e sai rapidamente de cena?

… Sim, eu percebi que eu deveria fazer ela sair o mais rápido possível (riros).

 

Desenhar um mangá semanalmente é algo realmente complexo, e Toriyama precisava otimizar o trabalho dele para que não se perdesse muito tempo desenhando os quadrinhos. Por esse motivo, Freeza acabou ganhando uma forma final muito mais simples de se desenhar e pelo mesmo motivo, Toriyama não costuma usar o Super Saiyajin 3 por muito tempo na tela, porque aquela cabeleira dele dava muito mais trabalho de se desenhar.

Então aí está, Freeza em sua terceira forma foi vencido pela preguiça do autor, e não pelo poder. Ele poderia muito bem ter matado todo mundo com essa transformação se quisesse, mas por dar trabalho demais para se fazer, Toriyama decidiu que a forma final dele deveria entrar logo em cena.

Gostou do post? Curta nossa página no Facebook e receba todas as nossas últimas novidades!

Gostou? Compartilhe!


Você já ouviu o Critical Cast dessa semana?