Criador de Naruto Shippuden revela a grande dificuldade que ele teve com o final da Saga de Pain e porque Jiraiya teve que morrer nela

Naruto Shippuden é um dos maiores animes de todos os tempos, e uma das sagas mais grandiosas desse anime certamente é a Saga de Pain.

Mas você sabia que ela foi extremamente complicada de se criar?

Hoje, contamos um pouco mais dos bastidores dessa saga e porque Jiraiya teve que morrer nela.

Atenção: falaremos sobre spoilers de Naruto Shippuden abaixo. Você foi avisado!

Como você pode conferir abaixo, Masashi Kishimoto disse que criar o arco da história de Pain foi uma verdadeira dor para ele. Confira a tradução das palavras dele sobre esse capítulo importante da história de Naruto Shippuden:

“Olhando agora em retrospecto para a série de Naruto, a parte que eu descreveria como mais “dolorosa” de criar foi o arco de Pain. Juntamente com Naruto, Kishimoto enfrentou os temas do ódio e da vingança nele.

“Sasuke teve a família dele morta, então ele tinha a vingança no coração dele. Mas Naruto não tinha essa experiência. Não há nada que alguém que não esteja na mesma posição possa dizer que seja realmente convincente. As coisas que Naruto havia dito a Sasuke até então não ecoavam dentro dele por causa disso.

Depois desse arco, que levou Naruto a perder Jiraiya, ele finalmente entendeu a posição de Sasuke pela primeira vez. Dali em diante, o que Naruto faria..? Ele tinha que passar pelo mesmo tipo de raiva uma vez na vida dele. Eu sabia que eu tinha me metido numa confusão daquelas, e o meu editor me disse que talvez eu não devesse me aprofundar tanto assim no tema. Mas, pensava eu, se eu criasse uma história onde Naruto realmente se vingasse do seu algoz, o que as crianças iriam pensar disso?

Eu queria fazer as coisas direito, mas eu não conseguia pensar numa resposta para isso, então eu não conseguia dormir. Até mesmo quando eu pegava no sono ele era leve demais e eu acordava constantemente todo suado pensando nisso”, disse Kishimoto.

Nesse sofrimento todo, o autor de Naruto chegou à conclusão de que ele não conseguiria resolver esse dilema.

“Não era um problema que eu conseguisse resolver tão naturalmente. Porque eu estava sofrendo, o personagem estava sofrendo também. No fim das contas, Naruto conversou com Pain e decidiu perdoá-lo por tudo o que ele fez. Então, Sasuke acaba tornando-se um personagem que não consegue perdoar e Naruto um personagem que consegue. Assim que isso foi decidido, eu tinha que criar uma história que colocasse os personagens nessa direção. Mesmo que você saiba que essa direção vá ser dolorosa, como um escritor, você não pode fazer somente o que você quer. Se você fizer isso e forçar as coisas, os leitores vão perceber. Depois de terminar essa saga, eu finalmente consegui voltar a dormir (risos)”.

Muito mais significado do que você imaginava, não é mesmo?

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade