Afinal, Sarada estará livre da maldição dos Uchiha em Boruto: Naruto Next Generations?

Embora nascer e fazer parte de um dos clãs mais poderosos do mundo ninja, com acesso à um poder único e que dá uma incrível vantagem em todas as áreas da vida como o Sharingan pode parecer bom no papel, não é exatamente assim que funciona na vida dos Uchiha.

Como Tobirama Senju explicou para Sasuke, os nascidos desse clã apresentam uma mutação genética em seus sistemas oculares que faz com que eles ganhem poderes ao passarem por eventos traumáticos ou intensos.

E parte da herança dos Uchiha é literalmente amar demais, o que faz com que a perda desse amor se torne um poderoso ódio ou ressentimento. Amigo morreu? Ódio. Pais te abandonaram? Ódio. Sua mulher te traiu? Ódio.

Por ser uma herança genética, pouquíssimos Uchiha conseguem escapar da “maldição”, até porque ela costuma ter o efeito bola de neve na vida do Uchiha.

O próprio despertar dos poderes do Sharingan são dependentes de eventos que podem causar problemas psicológicos. Um Uchiha que assiste uma pessoa amada morrendo – ou que é responsável pela morte dela – acaba liberando um novo estágio dos poderes do Sharingan.

O Mangekyou Sharingan permite que o usuário tenha acesso aos poderes básicos mais elevados do Sharingan comum, além de uma habilidade especial para cada olho e a possibilidade de invocar o Susano’o.

Mas para chegar nesse nível, o ninja precisa ter passado por eventos traumáticos que resultaram no despertar do Sharingan e também testemunhar uma pessoa amada morrer em sua frente para chegar nesse nível.

E mesmo após despertar os poderes fantásticos do MS depois de tantas dores e traumas, esse ainda não é o fim do caminho para o Uchiha. Pois utilizar esses poderes vem com o efeito colateral de dores intensas, uma fatiga extrema e uma crescente cegueira.

Isso mesmo, o prêmio para o Uchiha que desperta os poderes oculares máximos de sua linhagem ao experienciar as dores mais profundas que uma pessoa pode sentir – isso sendo um tipo de pessoa especial que é geneticamente programada a amar mais do que os outros –  é literalmente perder a visão ao longo do usos desses poderes.

A única “cura” desse problema é transferir os olhos de um Uchiha próximo (irmão ou talvez pai ou mãe) que também tenham o Mangekyou Sharingan. Ou seja, outro ninja tão perturbado quanto e que provavelmente morreu para que isso fosse feito.

O caminho do poder dos Uchiha é cercado de dor e perda. O amor que Sarada sente por sua mãe, pai, e até mesmo Naruto e Boruto, além de seu desejo de se tornar poderosa o bastante para ser uma Hokage, invariavelmente a colocará na estrada da maldição do ódio dos Uchiha. Pois a dor se transforma em poder. E esse poder trás ainda mais dor.

Em toda a história Uchiha que conhecemos, apenas dois se salvaram da maldição. Shisui e seu antepassado Kagami tinham em si uma vontade do fogo tão poderosa que conseguiram escapar… Mas até mesmo Sasuke e Madara, dois dos mais poderosos Uchiha de todos os tempos sucumbiram.

E para Sasuke, foi necessário que Naruto o enfrentasse em uma batalha até a morte para que ele fosse resgatado. Será que Boruto e Mitsuki poderão fazer o mesmo por Sarada?

Boruto: Naruto Next Generations é a sequência direta de Naruto Shippuden, tanto no anime quanto no mangá.

Nesta nova história, acompanhamos Boruto, filho de Naruto, um jovem que quer encontrar o seu próprio caminho e não pretende seguir os passos do pai, e Kawaki, jovem cujo corpo foi modificado com melhorias cibernéticas por um grupo misterioso chamado Kara.

Apesar do anime ainda estar contando a história de Boruto jovem, ele conta com alguns bons arcos, trazendo Naruto e Sasuke de volta, e histórias onde o jovem é o grande protagonista.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll e ganha novos capítulos toda semana.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Tico

Redator eventual, podcaster e negro maravilhoso.

Este website utiliza cookies