Categorias: Anime

Afinal, por que Goku e companhia não carregam sempre sementes dos Deuses com eles em Dragon Ball Super?

Qualquer fã de Dragon Ball já deve ter se perguntado por que diabos Goku e os demais Guerreiros Z não procuram andar sempre com pelo menos uma Semente dos Deuses no bolso, só para garantir, não é mesmo?

A grande vantagem da Semestre dos Deuses, é seu poder curativo. Após ingere-la o guerreiro recupera todas as suas forças e tem todos os danos curados instantaneamente, tornando-o praticamente novo em folha para seguir com a batalha.

Elas já salvaram o dia inúmeras vezes ao longo da série. Mas existe um motivo bastante plausível para que os Guerreiros Z não tenham quantidades enormes de Sementes dos Deuses a sua disposição: elas levam anos, para serem cultivadas pelo mestre Karin.

A série nunca deixa claro a quantidade de tempo específica que cada semente precisa para ficar pronta, mas o ponto é que depois de Dragon Ball Z, onde vimos elas sendo utilizadas várias vezes – e sendo desperdiçadas em alguns casos -, não podemos esperar que muitas delas tenham sobrado em Dragon Ball Super.

Confira também:

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Vale ressaltar, entretanto, que o mangá continua sendo publicado mensalmente com aventuras inéditas.

Nesta nova fase, Goku e Vegeta estão enfrentando um inimigo milenar e poderosíssimo: Moro, o consumidor de planetas. Este novo inimigo tem como objetivo fortalecer-se e então consumir a energia de todo o universo.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acesse o site por este link e então ganhe 14 dias de premium gratuitos em uma nova conta.

 

Este website utiliza cookies