Afinal, a Ideologia de Sasuke estava errada ao final de Naruto Shippuden?

Uma das paradas mais interessantes de Naruto é que os combates se davam tanto no nível físico quanto no nível intelectual. Sim, os poderes e habilidades sobrehumanas incríveis eram o foco das animações, mas invariavelmente vencia quem acreditava mais em suas próprias convicções. É desse ponto que surgiu o “Jutsu do Discurso” de Naruto, que era capaz de convencer seus inimigos de que ele estava certo. Não foi diferente com Sasuke no final de Shippuden. Mas será mesmo que a ideologia de Sasuke estava realmente errada?

Itachi Uchiha

A Revolução que Sasuke pretendia causar no mundo ninja foi extremamente influenciada pela vida, obra e morte de seu irmão mais velho, Itachi.

Itachi causou diretamente a destruição completa do clã dos dois, um dos mais poderosos de Konoha e uma das maiores forças militares do universo de Naruto: Os Uchiha.

Os conflitos entre Uchiha e o restante da Vila da Folha chegaram ao ponto onde a liderança do clã planejava um golpe de Estado para obter o poder político de Konoha.

Itachi sabia que a Guerra Civil que esse evento causaria deixaria Konoha fragilizada e ele considerava a Vila como um todo mais importante do que apenas seu clã. Ele decidiu então acatar o plano de Danzou e destruir o próprio clã em troca da proteção de Sasuke.

Antes de saber a verdade, Sasuke apenas odiava o irmão. Seu objetivo era assassinar o homem que havia lhe tirado tudo. Após conhecer a verdade através de Obito, Sasuke passou a culpar a Vila e os Anciões por obrigar Itachi a cometer o hediondo ato.

O objetivo de Sasuke passou a ser a destruição de Konoha. Por fim, após conversar com o Edo Tensei de Itachi e dos Quatro Hokage, ele enfim entendeu que o problema estava no sistema shinobi.

Era o sistema, baseado no controle da bestas com cauda para cada Vila Ninja, que causava as guerras. Que causou a perseguição e isolamento dos Uchiha – conhecidos pelo seu poder de controlar Bestas com Cauda.

A Revolução de Sasuke

Para destruir o sistema e acabar com a origem do sofrimento, Sasuke pretendia assassinar os Kage e ter para si o poder de todas as Bijuu.

Uma sombra oculta, disposta a carregar toda a escuridão do mundo nos próprios ombros para que ninguém mais precisasse lidar com isso. A ideologia de Sasuke exigia então que ele fosse o Kage do mundo inteiro.

Sasuke mataria quem estivesse em seu caminho na obtenção dessa paz, de forma semelhante aos objetivos de Pain e de como ele elevou Amegakure para uma prosperidade ao se tornar um “deus”.

E embora esse controle fosse, em teoria, melhor que o sistema shinobi que estava em ação. ele exigia o total controle ditatorial de Sasuke. Somente a opinião dele sobre certo e errado valeria e qualquer um que discordasse poderia ser eliminado a qualquer momento.

No final das contas, a validade desse sistema não precisou ser testada. Naruto conseguiu o impossível e atingiu seu sonho, juntando todas as Vilas e centralizando o poder das Bestas com Cauda de maneira pacífica ao final da Quarta Guerra Mundial Ninja.

Apesar da ideologia de Sasuke ser nobre em sua essência, ele ainda sim pretendia concentrar todo o poder do mundo em suas mãos. E isso, crianças, nunca é uma coisa boa.

Naruto Shippuden foi exibido entre os anos de 2007 e 2017, contando a segunda fase do anime. Nela, Naruto retorna após dois anos de treinamento com a missão de combater a Akatsuki e resgatar Sasuke das garras de Orochimaru.

Ao todo, o anime conta com 500 episódios (incluindo os fillers de Naruto Shippuden), finalizando a história de Naruto, Sasuke, Sakura e Kakashi e preparando o terreno para a continuação direta da história.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, juntamente com Naruto clássico e Boruto: Naruto Next Generations, sua continuação direta.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Tico

Redator eventual, podcaster e negro maravilhoso.

Publicado por

Este website utiliza cookies