Afinal, quantos Portões Internos Kakashi consegue utilizar em Naruto Shippuden?

No universo de Naruto, os Oito Portões do Sistema de Circulação de Chakra basicamente são como válvulas internas de cada indivíduo, que limitam o uso de uma quantidade anormal de poder a fim de preservar o próprio corpo do usuário.

No entanto, se um ninja se submeter a um treinamento extremo é possível abrir cada um desses portões e obter uma quantidade de força inimaginável. Mas o preço pelo uso dessa técnica também é muito alto, já que quanto mais portões de abrem mais irreversível é o dano causado ao seu corpo.

O único ninja conhecido que conseguiu abrir os Oito Portões e ainda continuar vivo foi Might Guy, mas isso só foi possível graças ao poder do Sábio dos Seis Caminhos obtido por Naruto. De qualquer forma, quando todos os seus portões estavam abertos, Guy foi capaz de rivalizar até mesmo com Madara.

Mas o que poucos fãs sabem é que além Guy, Rock Lee não é o único que consegue utilizar essa técnica, já que canonicamente Kakashi consegue abrir pelo menos um portão. Essa informação fica subentendida no capítulo 93 do mangá, em que Kakashi aparece escalando uma montanha com apenas uma das mãos.

Em um determinado momento, quando o seus pés acabam escorregando, Kakashi é visto liberando o Portão de Abertura, que remove as limitações do cérebro sobre os músculos.

Esse foi o único momento em que Kakashi foi visto utilizando essa técnica, já que embora seja um exímio combatente em Taijutsu, o seu estilo de luta é bem diferente do de Guy.

Naruto Shippuden foi exibido entre os anos de 2007 e 2017, contando a segunda fase do anime. Nela, Naruto retorna após dois anos de treinamento com a missão de combater a Akatsuki e resgatar Sasuke das garras de Orochimaru.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchuyroll, juntamente com Naruto clássico e Boruto: Naruto Next Generations, sua continuação direta.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

João Victor Albuquerque

Formado em Sistemas de Informação, que no final da faculdade resolveu se meter nesse mundo do jornalismo. Apaixonado por joguinhos, filmes, animes e sempre atrasado com as séries.