The Legend of Zelda: Breath of the Wild é um jogo onde você pode enfrentar o chefe final do game logo no começo do jogo, uma espécie de Metroidvania reverso.

A ideia da Nintendo é simples, apesar de você poder enfrentar o chefe final a qualquer momento, isso não significa que você vai vencê-lo. Não, muito pelo contrário, é mais certo que você leve a surra da sua vida se você tentar.

Para aumentar as suas chances, você deve explorar o mapa do jogo e ir fazendo dungeons para conseguir mais vida e equipamentos melhores, e uma das mecânicas que a Nintendo colocou no jogo para que o mapa do game não fique vazio depois de certo tempo de jogo é a Blood Moon, uma mecânica onde a lua do jogo fica vermelha e os inimigos das áreas dão respawn.

Essa mecânica acontece de tempos em tempos, e às vezes é uma droga quando ela acontece durante a hora em que você está limpando uma dungeon, mas é pior ainda se isso acontece durante o chefe final do jogo.

Durante uma livestream, o streamer rwntv estava enfrentando o chefe final de Zelda Breath of the Wild e faltava um pouquinho de nada de vida para ele concluir o game. Eis que do nada a Blood Moon aconteceu e… a vida do Ganondorf voltou ao máximo.

Abaixo, vocês conferem o vídeo desse momento azarado do jogador, mas só vejam se vocês não se importam com spoilers:

Zelda: Breath of the Wild está disponível para Wii U e Nintendo Switch.


Você já faz parte do nosso Grupo no Facebook? Faça já parte e interaja com os redatores e outros leitores do site! Link para o grupo: https://www.facebook.com/groups/criticalhitscombr/

Torne-se um patrão do site!

Você sabia que ao tornar-se um patrão do Critical Hits, você ajuda o site a continuar crescendo e ainda ganha vantagens exclusivas como acesso a um design mais clean sem propagandas, Critical Cast 5 dias antes de todo mundo e acesso ao nosso grupo secreto no Facebook/Whatsapp? Torne-se já um patrão você também!

Você já ouviu o Critical Cast dessa semana?


Gostou? Compartilhe!


Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.