super_meat_boy

5 jogos completamente bizarros – Parte 2

Fala aí galera, tudo certinho? Espero que sim, porque hoje a nossa listinha de bizarrices está de volta, com alguns exemplos até conhecidos, mas não menos malucos e até absurdos. Vamos lá?

5- Bayonetta

bayonetta-1

Claro, o jogo é legal até, mas vamos parar pra analisar o jogo: Uma bruxa/professora de inglês britânica, com um sex appeal extremo, matando criaturas com semi-automáticas nos saltos. Isso sem contar as partes em que o universo simplesmente se inverte, e ela literalmente anda pelas paredes. Preciso continuar?

 

4-Far Cry 3: Blood Dragon
far_cry_blood_dragon
Outro jogo sensacional, mas a fusão de todos os clichês possíveis de filmes de ação dos anos 80 em um único jogo, onde toda a ambientação e cores é meio distorcida da realidade comum, além de catchphrases ridículas como “I’ll go to bed when you’re dead!” (algo como “Vou pra cama depois de te matar”, em tradução livre e contextualizada), não é algo exatamente normal, é? Eu acho que não. Deu certo? Pra alguns deu, pra outros não. Mas quem se importa? Tem explosões e dinossauros.

 

3- Super Meat Boy 

super_meat_boy
Esse é um que até poderia estar melhor ranqueado, mas seria óbvio demais. Um pedaço de carne, que é uma fusão de Super Mario com… um pedaço de carne, que quer salvar sua donzela do vilão, que é um feto com roupa espacial. Pois é… Sem contar que o jogo é absurdamente sanguinário e depois de cada missão, mostra um replay de todas as vezes que você falha miseravelmente tentando concluir o trajeto, recheado de serras e blocos que podem te esmagar, entre outras coisas inofensivas. Mas a parte mais bizarra desse jogo é ele ser muito, muito bom.

 

2- The Binding of Isaac

ss_57c7fb142d6b8f7d38ab62d9f39a055a5b2d4c4c.1920x1080

Você joga como um bebê pelado e chorando, chamado Isaac, que tem que fugir da própria mãe, que acredita que Deus o pediu em sacrifício. Isso já é errado em tantos níveis que eu não preciso nem continuar a descrever o jogo.

 

1- Saint’s Row IV

saints_row_over_the_top

E chegamos aqui ao ápice da bizarrice  dessa nossa querida lista.  Armas que são vibradores, por exemplo, opções de personalização totalmente insanas e NPC’s genialmente bizarros. O jogo foi lançado ontem e já leva o primeiro lugar, graças a tudo que a série já alcançou nesse aspecto (o aspecto de ser hilária e absurdamente estranha) e o 4º episódio é muito promissor, se conseguir manter as qualidades (e o nível de bizarrice) da série. E eu tenho certeza que isso vai ser mantido.
Gostou do artigo? Confira a outra parte: Parte 1

Share this post

Vander Lissi

Colaborador