Estes são 8 detalhes sobre Naruto que passaram batido pela maioria dos fãs.

Já faz bastante tempo que Naruto Shippuden terminou e mais tempo ainda que a série clássica teve seu fim. E não adianta teimar, mesmo você tendo sido um espectador assíduo e atencioso, com certeza deve ter deixado passar batido alguns detalhes ao longo da história, não é mesmo?

Por isso, hoje vamos te mostrar 8 detalhes sobre Naruto que passaram batido pela maioria dos fãs.

Poderia ter sido morto por Chōza Akimichi

 

Não dá pra dizer que os membros do clã Akimichi são pessoas ruins, então por que diabos Chōza Akimichi poderia sequer pensar em matar Naruto?

Acontece que no primeiro episódio da série, assim que Naruto rouba o pergaminho proibido que mais tarde lhe ensinaria o Kage Bunshin no Jutsu, Chōza Akimichi e seus homens recebem uma ordem clara e expressa: matem o moleque assim que o encontrarem.

Ainda bem que eles não conseguiram encontrar Naruto.

Bandanas e preguiça

A “moda ninja” conta com alguns acessórios bem interessante, como as bandas e os sapatos característicos que tanto conhecemos. Mas existe um detalhe por trás das bandanas que tem mais relação com a “preguiça” do que você imagina.

Segundo Masashi Kishimoto, o design original de Naruto apresentava o personagem usando óculos – igual no primeiro episódio da série. Só que depois de um tempo Kishi percebeu que daria um trabalhão ficar desenhando o acessório o tempo todo, e então resolveu substitui-lo por algo mais prático.

E assim nasceram as bandanas, que mais tarde passariam a ser utilizadas por todos os ninjas.

Mundo moderno

A ideia original era de que Naruto se passasse nos dias de hoje, ao invés de numa versão distorcida do Japão Feudal. Algo que com certeza mudaria completamente o tom da história.

Tudo se resolveria com um psicólogo

Dá pra contar nos dedos a quantidade de personagens que aparece na série que não passaram por nenhum trauma na infância. Seja encarar a perda de parentes próximos muito cedo, seja algum tipo de abuso psicológico, a verdade é que grande parte dos problemas do mundo ninja seriam resolvidos caso alguém tivesse descoberto a psicologia.

Vale lembrar que o pobre Naruto foi largado sozinho, mesmo o pai dele tendo sido o maior heróis da história de Konoha.

Itachi matou sua própria namorada

Mesmo com o fim da série, poucas informações foram dadas sobre o passado do irmão mais velho de Sasuke Uchiha.

Contudo, tem um detalhe bem perturbador sobre o rapaz que pouca gente se dá conta: Itachi tinha uma namorada chamada Izumi Uchiha que também foi morta durante o Massacre. Portanto, ou ela foi morta por Obito, ou Itachi teve que mata-la ele próprio.

Pesado, não?

Kurama foi inspirado num antigo mito oriental

Como muita coisa em Naruto, a inspiração de Kurama também veio do folclore orienta. Neste caso mais especificamente, do conceito/mito de Kitsune, que acaba sendo amplo demais para ser definido como uma coisa só.

Kitsune significa literalmente raposa, e antigamente alguns mitos chineses e japoneses afirmavam que as raposas possuíam até nove caudas.

Dragon Ball

Dragon Ball influenciou Naruto de tantas formas diferentes, que mal podemos resumir aqui quais foram todas elas. Mas com certeza a mais famosa de todas é a existência da dupla Roshi e Son Goku, que são uma clara referência ao nome original do Mestre Kame e à Goku.

Confira também:

Naruto Shippuden foi exibido entre os anos de 2007 e 2017 e contando a segunda fase do anime. Nela, Naruto retorna após dois anos de treinamento com a missão de combater a Akatsuki e então resgatar Sasuke das garras de Orochimaru.

Ao todo, o anime tem 500 episódios (incluindo os fillers de Naruto Shippuden), e finaliza a história de Naruto, Sasuke, Sakura e Kakashi. Além disso, o anime prepara o terreno para a continuação direta da história.

Você pode acompanhar Naruto na íntegra no Crunchyroll. Além dele, o serviço conta com com Naruto clássico e Boruto: Naruto Next Generations, sua continuação direta.

Acesse o site por este link e então ganhe 14 dias de premium gratuitos em uma nova conta.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade