Breaking Bad é aquele tipo de série que tem tantos momentos memoráveis que fica até difícil escolher qual é o melhor. Mas dente todos eles, um dos mais lembrados pelos fãs é com certeza o incidente da “Pizza no Telhado”.

O fato inusitado aconteceu no segundo episódio da terceira temporada. O problema é que a casa de Walter White é uma residência de verdade, em posse dos mesmo proprietários há mais de 40 anos. E os donos com certeza não estão apreciando que os fãs da série continuem jogando pizzas em seu telhado constantemente.

O problema é tão grave, que os donos decidiram colocar uma cerca de ferro ao redor da casa para não terem mais problemas com os constantes abusos que vem sofrendo. Além das pizzas, “fãs” da série já cometeram outros atos de vandalismo e até roubos à casa mais icônica de Albuquerque. O problema é tão sério que até o criado de Breaking Bad, Vince Gilligan, se pronunciou sobre o assunto defendendo os moradores e implorando para que as pessoas parem de incomodá-los.

Ultimamente estamos acompanhando uma verdadeira onde de problemas causados por fãs que levam o seu amor por suas séries favoritas longe demais. O caso mais recente é a treta envolvendo os fãs de Rick and Morty e o “Szechuan Sauce” do McDonald’s.

É realmente preocupante saber que as pessoas estão dispostas a cometerem atos de pura burrice e desrespeito em troca de alguns likes no Instagram.

via GIPHY

Curta o Critical Hits no Facebook e receba todas as nossas postagens:

Gostou? Compartilhe!


Torne-se um patrão do site!

Você sabia que ao tornar-se um patrão do Critical Hits, você ajuda o site a continuar crescendo e ainda ganha vantagens exclusivas como acesso a um design mais clean sem propagandas, Critical Cast 5 dias antes de todo mundo e acesso ao nosso grupo secreto no Facebook/Whatsapp? Torne-se já um patrão você também!

Você já ouviu o Critical Cast dessa semana?


João Víctor Balestrin Sartor é colaborador e sex-symbol do Critical Hits. Admirador das boas histórias, almeja de verdade escrever um livro algum dia. Divide seu tempo entre à leitura, jogatina, trabalho, engenharia e quando sobra tempo, vive.