It: A Coisa é um livro extenso – são em torno de 1200 páginas – escrito em uma fase difícil da vida de Stephen King. Durante os anos 80 (It sendo lançado em 86), ele estava passando por um grande problema com o álcool e a cocaína.

A obra é dividida em duas partes: uma que conta a história do Clube dos Otários quando crianças, e uma que conta sua jornada enquanto adultos. Se isso te soa familiar, é porque é exatamente assim que o novo filme foi dividido – o Capítulo 1 para as crianças e o Capítulo 2 para os adultos.

Bill Skarsgård, o Pennywise desses novos filmes, leu o livro todo para se preparar para as gravações, e disse que pretende ler novamente antes do Capítulo 2.

Em entrevista, disse: “E, sabe, também não é respondido direito [de onde vem Pennywise] no livro. Quero dizer, é muito abstrato. […]Entrar na mente de Pennywise podia ser um tipo de vigem psicodélica, e no livro eles realmente entram na mente dele. Ou eles vão para esse tipo de lugar transdimensional, e meio que o vencem lá. O que pode ser interessante: o que esse lugar seria? Como se pareceria? Temos oportunidades, e eu estou ansioso por isso”.

Vale lembrar que o universo de Stephen King é compartilhado, com A Torre Negra no centro, e especula-se que A Coisa seja um twinner – um doppëlganger ou um “gêmeo malvado” – de, ou mesmo um dos próprios, seis grandes demônios elementais de A Torre Negra. E já que ambas as obras ganharam uma adaptação cinematográfica recentemente – com Pennywise aparecendo como um Easter Egg no filme do Pistoleiro – talvez possamos ver isso traduzido também para as telonas.

Resultado de imagem
Curta o Critical Hits no Facebook e receba todas as nossas postagens:

Gostou? Compartilhe!


Torne-se um patrão do site!

Você sabia que ao tornar-se um patrão do Critical Hits, você ajuda o site a continuar crescendo e ainda ganha vantagens exclusivas como acesso a um design mais clean sem propagandas, Critical Cast 5 dias antes de todo mundo e acesso ao nosso grupo secreto no Facebook/Whatsapp? Torne-se já um patrão você também!

Você já ouviu o Critical Cast dessa semana?