Categorias: Artigos

E se os jogos de videogame tivessem seus títulos traduzidos? – Parte 8

Fala, galera, tudo bom com vocês? Hoje é sexta e mais uma vez temos outra edição da série que o pessoal mais ama/odeia do Critical Hits, os jogos traduzidos. Novamente usamos sugestões de vocês para a postagem, então, quem tiver ideias geniais de postagens, é só mandar nos comentários que a gente avalia e publica e for boa. Bom, chega de enrolar, os créditos da edição vão pro Ryan de novo (que entregou o TCC e finalmente será um bacharel em Design Gráfico).

1. Dark Souls

Este é um jogo incrivelmente difícil onde você deve derrotar todas as outras almas afrodescendentes e tornar-se o Afro King, com aquele cabelão black power bonito, óculos gigante e rádio estéreo a pilha no ombro. Prepare a sua espada e escudo e parta para uma jornada cheia de cachaça, galinhas degoladas e quimdins.

2. Donkey Kong Country

Macaco, jumento e caubói, essas são as profissões de Kong, o macacão aí acima, afinal de contas, num mercado de trabalho tão competitivo, a versatilidade é mais do que fundamental para manter o seu emprego como personagem de jogos de ação. Ah, e tem um macaquinho pequeno também que diz ser sobrinho dele ou algo do tipo, mas que só serve para ser usado quando o macacão acaba dando uma leve falecida.

3. Heavy Rain

Mais uma indicação dos nossos leitores, Toró é o que acontece na cidade do Ryan todo dia. Nunca vi isso, parece que Curitiba tem uma chuva sempre e sempre na hora que o coitado está saindo do trabalho. Mais algum morador da cidade confirma isso?

4. Neverwinter Nights

Eu acredito que Ned Stark odiaria visitar essa cidade, afinal de contas, ele não poderia ficar repetindo toda hora que o “Inverno está chegando” numa cidade que se chama Nuncainverno. Ou será que o inverno só é ignorado lá pela noite? Boa pergunta para se responder.

Gostaram da série? Deixem sugestões de jogos nos comentários e também vejam as partes anteriores:

Parte 1Parte 2Parte 3Parte 4Parte 5Parte 6Parte 7

Este website utiliza cookies