Por que “Road To Ninja” é o filme mais emocionante de Naruto Shippuden

Naruto teve uma vida longa no mangá e no anime, e além de todos os capítulos e episódios ele contou com 11 filmes que exploraram detalhes adicionais da sua história. Só que um deles fez algo bem diferente dos demais, e hoje vamos tentar te mostrar por que Road To Ninja é o filme mais emocionante de Naruto Shippuden.

Por que Road to Ninja é a história mais emocionante de Naruto

A proposta de Road to Ninja: Naruto, O Filme é algo bastante conhecido para quem acompanha quadrinhos ou mídias do tipo. O filme tenta explorar uma linha de “O que teria acontecido se..”, ao mesmo tempo que insere esta narrativa diferente num contexto totalmente condizente com o enredo de série.

Obviamente que vamos dar spoilers de Road to Ninja: Naruto, O Filme. Sinta-se avisado!

O filme começa com Naruto, Sakura e Kakashi retornando de uma missão bem sucedida. Enquanto Naruto presencia a maioria de seus amigos entusiasmados com o fato da possibilidade de tornarem-se jounins, ele acaba se percebendo sozinho mais uma vez no meio de Konoha.

Sakura por outro lado acaba discutindo com seus país, e ambos acabam se reunindo para compartilhar suas frustrações. Neste momento, Madara se infiltra em Konoha e prende os dois em uma versão experimental do Tsukuyomi Infinito, deixando-os presos em uma realidade onde os país de Sakura estão mortos e são considerados heróis de Konoha, enquanto Minato e Kushina estão vivos!

O fato de Road To Ninja ser tão emocionante é por mostrar Naruto lutando contra os seus sentimentos e contra a ilusão de Madara. Por mais que ele deseje permanecer naquele mundo e aproveitar a presença e a vida de seus país, Naruto também sabe que aquilo não é real e acaba fazendo todo o possível para afastar-se de Kushina e Minato.

Porém, algo inesperado acontece e mesmo tentando afastar-se das versões “ilusórias” de seus pais, Naruto acaba encontrando acolhimento e experimentando o que é ser amado por uma família. Em uma de suas missões, Naruto acaba sendo salvo por Kushina – que acaba machuca, e ao abraçar Kushina, se deixa experimentar a ilusão.

O filme é repleto de momentos emocionantes, como quando Minato começa a demonstrar preocupação pelo comportamento impulsivo de Naruto. O jovem ninja então lembra que na vida real, seus país sacrificaram suas vidas para que ele pudesse permanecer vivo, e promete passar a se cuidar mais para valorizar o esforço de Minato e Kushina.

Como não poderia deixar de ser, a despedida de Naruto da versão ilusória de seus país é com certeza um dos momentos de partir o coração. Apesar de Kushina insistir para que Naruto permaneça ali, o jovem ninja decide voltar ao mundo real, mas não sem antes agradecer por ter tido a oportunidade de sentir na pele o que é ser amado por um pai e uma mãe.

O enredo do filme ganha uma proporção totalmente diferente para quem acompanhou Naruto desde o início e sabe o rombo emocional que existe no seu coração, devido ao fato de ter sido criado sozinho e abandonado. Esta é uma das primeiras vezes que vemos Naruto realmente feliz, e ter um gostinho do que poderia ter vivido caso seus pais tivesse permanecido vivos após o ataque de Kurama.

Confira também

Naruto Shippuden foi exibido entre os anos de 2007 e 2017 e contando a segunda fase do anime. Nela, Naruto retorna após dois anos de treinamento com a missão de combater a Akatsuki e então resgatar Sasuke das garras de Orochimaru.

Ao todo, o anime tem 500 episódios (incluindo os fillers de Naruto Shippuden), e finaliza a história de Naruto, Sasuke, Sakura e Kakashi. Além disso, o anime prepara o terreno para a continuação direta da história.

Você pode acompanhar Naruto na íntegra no Crunchyroll. Além dele, o serviço conta com com Naruto clássico e Boruto: Naruto Next Generations, sua continuação direta.

Acesse o site por este link e então ganhe 14 dias de premium gratuitos em uma nova conta.

 

João Víctor Sartor

João Víctor Sartor é colaborador e sex-symbol do Critical Hits. Admirador das boas histórias, almeja de verdade escrever um livro algum dia. Divide seu tempo entre à leitura, jogatina, trabalho, engenharia e quando sobra tempo, vive.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade