Anime

Naruto – Kishimoto quase fez a história se passar em tempos modernos

A história de Naruto é rica em muitos detalhes e se passa num mundo fantasioso do antigo Japão. Mas Kishimoto quase fez com que a história se passasse em tempos modernos e ela seria completamente diferente do que é hoje.

Naruto – Reprodução: Boruto: Naruto Next Generations

Naruto – Kishimoto quase fez a história se passar em tempos modernos

Como a maioria dos programas de TV, uma série de mangá precisa passar pelo processo de criação de um “capítulo piloto” que precisa ser aprovado antes da publicação. Em alguns casos, o autor pode ser solicitado a criar vários pilotos para acertar (como foi o caso de One Piece).

Naruto não foi exceção a isso. Em 1997, o primeiro quadrinho de Naruto a ser publicado foi uma edição piloto impressa na revista Akamaru Jump. Fora alguns elementos compartilhados, o piloto tem muitas diferenças em relação ao quadrinho final de Naruto. Ele mostra um vislumbre interessante do que poderia ter sido lançado, se a série tivesse sido aceita sem alterações.

No piloto de Naruto, o cenário é uma cidade moderna, em vez de uma versão de fantasia do Japão antigo. O próprio Naruto é na verdade a raposa demônio, ao invés de um humano que teve a raposa selada dentro dele. A história do capítulo piloto se passa resolvendo um crime envolvendo o roubo de uma pintura (envolvendo um homem sendo baleado com uma pistola). De muitas maneiras, a única coisa que chegou à versão publicada do mangá é o próprio Naruto e a ideia da raposa.

Naruto – Reprodução: Boruto: Naruto Next Generations

Confira também:

Naruto pode ser conferido por completo na Crunchyroll.

Publicado por
Tags: Naruto

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade