Categorias: Anime

Entenda porque Tobirama Senju foi o Hokage mais sombrio de todo Naruto Shippuden

Os Hokages de Konoha são alguns dos personagens mais poderosos e legais de todo Naruto Shippuden, mas nem todos eles seguiam os mesmos ideais.

Como vocês já devem ter notado pelo título, estamos falando de Tobirama Senju, o segundo Hokage. No post de hoje, explicaremos porque Tobirama foi o Hokage mais sombrio que Konoha já teve.

Aviso! Os parágrafos abaixo contém spoilers de Naruto Shippuden.

Tobirama sempre esteve disposto a fazer de tudo para proteger sua aldeia, independente do custo. O Segundo Hokage criou inúmeros jutsus que acabaram sendo proibidos no futuro, como o Edo Tensei, por exemplo. Mas mesmo com todo o talento de Tobirama, é improvável que ele tenha conseguido criar o Edo Tensei sem fazer experimentos antes.

Isto significa que Tobirama precisou sacrificar inúmeras pessoas até conseguir chegar na versão do jutsu que conhecemos hoje. O simples fato de Tobirama ter a coragem de fazer este tipo de coisa já o diferencia e muito dos outros Hokages, e os seus métodos não ortodoxos acabaram servindo de inspiração para futuros vilões.

O Segundo Hokage foi o ídolo de Orochimaru, e o modelo de Danzou. Ambos os personagens acabaram se tornando versões extremas de Hashirama. Até mesmo Madara admitiu que o Tobirama possuía um coração duro.

Mesmo Tobirama tendo defendido Konoha da melhor maneira possível e tendo desejado que a vila crescesse de forma próspera, isto não anula o fato de que ele cometeu algumas atrocidades enquanto criava alguns de seus jutsus.

Naruto Shippuden foi exibido entre os anos de 2007 e 2017, contando a segunda fase do anime. Nela, Naruto retorna após dois anos de treinamento com a missão de combater a Akatsuki e resgatar Sasuke das garras de Orochimaru.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchuyroll, juntamente com Naruto clássico e Boruto: Naruto Next Generations, sua continuação direta.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Disqus Comments Loading...

Este website utiliza cookies