Anime

Eiichiro Oda escondeu referência à Jiraiya e Kisame de Naruto Shippuden em One Piece e muita gente não percebeu

One Piece é uma obra que veio ao mundo há mais de 22 anos e que segue firme e forte ao contar a história de Monkey D. Luffy em sua jornada para se tornar o Rei dos Piratas.

Nesses mais de 22 anos de história, muitos personagens já foram apresentados e também muitos easter eggs foram escondidos nas páginas de seu mangá e até mesmo em seu anime como o Pandaman, por exemplo, que volta e meia faz uma aparição aqui e ali, porém ele não é o único.

Recentemente alguns fãs de One Piece notaram que Eiichiro Oda havia introduzido dois personagens muito parecidos com Jiraiya e Kisame de Naruto Shippuden durante o arco da Guerra dos Melhores lá em Marineford e muita gente pode ter visto essa cena sem sequer perceber essa referência à obra de Masashi Kishimoto.

É claro que os personagens não poderiam ser idênticos aos ninjas, mas ainda assim são parecidos o suficiente para os fãs perceberem essa sutil homenagem à obra de Kishimoto, afinal, mesmo que One Piece e Naruto Shippuden tenham sido obras “rivais”, Eiichiro Oda e Masashi Kishimoto nutriam uma grande admiração um pelo outro e tinham uma boa amizade.

E aí? Já tinha percebido esse detalhe no anime? Eu confesso que não.

One Piece conta a história de Monkey D. Luffy, um jovem com poderes de borracha cujo sonho é tornar-se o Rei dos Piratas, e da tripulação deles, os Piratas do Chapéu de Palha.

Ao todo, o anime conta com mais de 900 capítulos divididos em diversas sagas, e ainda é exibido no Japão, sendo uma das séries mais populares de todos os tempos.

Atualmente, o anime está desenvolvendo o arco de Wano, um país inspirado no Japão Feudal e dominado pelo Yonkou Kaidou das Cem Feras.

A história de Luffy e seus amigos pode ser acompanhada na íntegra no Crunchyroll, em japonês com legendas em português.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade