Afinal, Pain utilizou genjutsu para desviar do Raikiri de Kakashi em Naruto Shippuden?

Considerado por muitos como um dos melhores arcos da franquia Naruto, o Ataque de Pain foi recheado de momentos emocionantes e batalhas simplesmente inesquecíveis. Uma dessas foi o confronto de Kakashi contra o Caminho Deva de Pain, que acabou resultado na morte temporária do nosso querido ninja de cabelos brancos.

No entanto, uma dúvida que alguns fãs ainda possuem em relação a esse combate é sobre o momento em que Kakashi acaba errando o seu Raikiri por aparentemente ter sido pego em um tipo de genjutsu do Caminho Deva.

Essa dúvida existe principalmente pela forma como o contra-ataque de Pain é representado no anime, com os seus dois Rinnegan sendo focados em tela cheia e Kakashi olhando para eles fixamente.

Entretanto, o que ocorreu nesse momento não foi um genjutsu, mas sim a interferência através de um Receptor de Chakra. Pouco antes de lançar o Raikiri, o  Caminho Deve havia cravado um desses receptores no ombro de Kakashi, e foi justamente isso que o atrapalhou na hora de mirar corretamente o ataque.

O próprio Kakashi percebeu isso e rapidamente retirou o receptor, mas o seu segundo ataque acabou também não funcionando por causa da habilidade do Caminho Deva em manipular forças de atração e repulsão.

Confira também:

Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Sendo a sequência direta da obra original Masashi Kishimoto, Boruto: Naruto Next Generations acompanha o desenvolvimento de uma nova geração de ninjas que trilhará o seu próprio caminho e enfrentará novos desafios. O mangá da série é lançado mensalmente, enquanto a sua adaptação em anime recebe novos episódios toda semana.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll e ganha novos capítulos toda semana.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

João Victor Albuquerque

Apaixonado por joguinhos, filmes, animes e séries, mas sempre atrasado com todos eles.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade