Categorias: Anime

Afinal, Naruto tem ou não o chakra de todas as Bijuus dele ao final de Naruto Shippuden?

Com o passar do anime podemos acompanhar a evolução e o crescimento de Naruto. Ele que quando genin dominava apenas o estilo vento, com o tempo passa a crescer em poder e torna-se capaz de utilizar todas as formas de Chakra, bem como a própria energia Yin-Yang.

Grande parte dessa evolução se deve ao fato de que em determinado momento, Naruto foi capaz de absorver todas as betas de cauda dentro de si.

Mas afinal, será que Naruto mantém todo Chakra das Bestas de Cauda dentro de sí, mesmo após não possuí-las em seu corpo em Boruto?

Atenção: falaremos sobre spoilers de Naruto Shippuden abaixo, você foi avisado!

Na verdade Naruto possui uma porção reduzida do Chakra de todas as Bestas de Cauda dentro de si, entretanto, essa característica funciona apenas como uma espécie de conexão entre eles. Mesmo assim, graças é graças a esta conexão que Naruto é capaz de acessar o poder das Bestas mesmo quando elas estão seladas no corpo de Kaguya.

No final da Quarta Grande Guerra Ninja, as Bijuu’s espalham-se pelo mundo, livres para fazerem o que bem entenderem a partir daquele momento. Mesmo assim, Gyuuki e Kurama decidem ficar com Bee e Naruto. Mesmo com a partida das demais, Naruto mantém fragmentos de seus Chakras e pode acessá-las a distância, conseguindo até mesmo utilizar os poderes magnéticos de Shukaku.

Sendo assim, podemos dizer que mesmo possuindo apenas uma fração do Chakra das Bestas de Cauda, Naruto pode acessar seus poderes uma vez que já atuou como “jinchuuriki” de todas elas.

Naruto Shippuden foi exibido entre os anos de 2007 e 2017, contando a segunda fase do anime. Nela, Naruto retorna após dois anos de treinamento com a missão de combater a Akatsuki e resgatar Sasuke das garras de Orochimaru.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchuyroll, juntamente com Naruto clássico e Boruto: Naruto Next Generations, sua continuação direta.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Este website utiliza cookies