Para surpresa de todos, a Blizzard estipulou algumas regras duras que ditam como as equipes participantes da Liga Profissional de Overwatch devem tratar seus jogadores.

Bem, resumindo, os jogadores deverão assinar contratos de no mínimo um ano, receber salários de no mínimo 50 mil dólares, plano de saúde, planos de aposentadoria, estadia durante a temporada e no mínimo 50 por cento das premiações dos torneios jogados. Vale lembrar que na primeira temporada essas premiações chegam ao total de 3.5 milhões de dólares, sendo 1 milhão destinado apenas à equipe campeã.

Também foi confirmado que os jogadores não serão limitados à sua localização. Por exemplo, se uma equipe brasileira quiser contratar um jogador paquistanês ela pode, desde que possa oferecer o que é exigido pelas novas regras estipuladas pela Blizzard.

O cenário competitivo de Overwatch ainda é relativamente jovem, e possui muito para ser desenvolvido. Mas essas novas mudanças certamente deixam as coisas um pouco mais sérias.


Você já faz parte do nosso Grupo no Facebook? Faça já parte e interaja com os redatores e outros leitores do site! Link para o grupo: https://www.facebook.com/groups/criticalhitscombr/. Já está lá? Curta também a nossa página do Facebook!

Gostou? Compartilhe!


Torne-se um patrão do site!

Você sabia que ao tornar-se um patrão do Critical Hits, você ajuda o site a continuar crescendo e ainda ganha vantagens exclusivas como acesso a um design mais clean sem propagandas, Critical Cast 5 dias antes de todo mundo e acesso ao nosso grupo secreto no Facebook/Whatsapp? Torne-se já um patrão você também!

Você já ouviu o Critical Cast dessa semana?