Fala, galera, tudo bom com vocês? Hoje vamos falar sobre como os videogames nos dão aquela falsa percepção de certas coisas serem fáceis e de como isso é uma grande mentira. Quem aí nunca dominou uma partida de FPS e depois foi no paint ball se achando o maioral e saiu de lá cheio de vergões e parecendo um queijo suíço?

Pois então, infelizmente, a vida é bem mais difícil do que os games, e apertar os botões rápido pra caramba te torna mais rápido em tomar decisões e tudo mais, mas não desenvolve habilidades motoras necessárias para as tarefas que são simuladas no ambiente do jogo. Duvida? Então eu vou dar 4 exemplos de como a teoria é bem mais fácil do que a prática.

4. Atirar

No videogame:

Na vida real:

Lembram o que eu falei no começo? Quem aí nunca foi num paintball se achando o fodão só porque tem um bom k/d ratio no Call of Duty? A realidade é dura e bate na tua cara rapidamente nesses momentos, além de você descobrir que paintball é um esporte muito mais de paciência do que sair correndo pelo campo atirando feito um maluco.

3. Tocar um instrumento

No videogame:

Na vida real

Tocar um instrumento (ou uma série deles) é uma das coisas que mais requer dedicação para você ficar minimamente bom na vida real. Quem toca algum instrumento aí sabe o que eu tô falando, já que passou pelo menos um mês torrando a paciência da família toda com aquela música fora de ritmo e totalmente desafinada no quarto enquanto tentava virar o próximo Jimmy Hendrix.

Tá certo que sempre tem aquele infeliz que resolve pegar o violão nas festas e tocar Nirvana/Legião Urbana (pelo menos na minha época, eu não faço ideia de quais bandas fáceis que qualquer ameba consiga tocar está na moda hoje em dia) para impressionar as gatas, mas vamos começar dizendo que aquilo não é música.

2. Parkour

No videogame:

Na prática:

Parkour GIF - Find & Share on GIPHY

Você já tentou fazer parkour alguma vez na vida? É um negócio difícil pra caramba, perfeito para quem está afim de bater a cabeça num ferro, torcer o tornozelo ou acabar numa cadeira de rodas. O esporte francês ganhou alguma popularidade aqui no Brasil há alguns anos, e bastante no videogame após jogos como Mirror’s Edge e Assassin’s Creed. Boa sorte pros que tentarem replicar meio salto dos assassinos no parque local.

1. Bater no Jon Jones

No videogame:

Na prática:

Ufc GIF - Find & Share on GIPHY

Jon Jones é um dos lutadores mais perigosos de todos os tempos. Com apenas uma derrota no seu cartel (em que o “vencedor” saiu de maca do octógono pois o Jones deu uma cotovelada ilegal e acabou sendo desclassificado), Bones atropelou todos os seus adversários, incluindo três peixes grandes brasileiros (Lyoto Machida, Maurício Shogun Rua e Vitor Belfort).

Apesar de ter parecido “derrotável” em sua última luta contra Alexander Gustafsson, Jones continua o rei da divisão dos meio pesados, e encara mais um brasileiro em sua próxima luta, Glover Teixeira. Apesar de ser fã do Glover, eu sei que essa luta vai ser difícil pra caramba e as chances infelizmente não são das maiores, então, pelo menos por enquanto, eu acho que o Jones só apanha mesmo é no videogame.

Que outros exemplos do tema vocês lembram para uma próxima edição? Deixem seus comentários!


Você já faz parte do nosso Grupo no Facebook? Faça já parte e interaja com os redatores e outros leitores do site! Link para o grupo: https://www.facebook.com/groups/criticalhitscombr/

Gostou? Compartilhe!


Torne-se um patrão do site!

Você sabia que ao tornar-se um patrão do Critical Hits, você ajuda o site a continuar crescendo e ainda ganha vantagens exclusivas como acesso a um design mais clean sem propagandas, Critical Cast 5 dias antes de todo mundo e acesso ao nosso grupo secreto no Facebook/Whatsapp? Torne-se já um patrão você também!

Você já ouviu o Critical Cast dessa semana?


Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.



  • Hrick90

    dar um pulo e pular novamento no ar para dar maior impulso ao salto
    Nos vídeo game é muito fácil

    • verdade, a vida seria bem mais fácil com pulo duplo

      • Gabriel Diniz de Oliveira

        Sim , aí nas competições de salto em distância aqueles negões da Jamaica dão um pulo duplo e saem de órbita

    • Genio da lampada

      Noob, level 90 não consegue mesmo…

  • Fabricio

    O que diabos estava tentanto fazer o cara do gif do parkour??

    • Alisson Alves de Araújo

      se estivesse tentando virar um pastel ele conseguiu…mas eu acho q ele tava qrendo testar o amortecedor dos dentes dele!! acho q não funcionam mais!! o.O

  • Oscar

    Nirvana nao e musica??
    Colega amo o site mas depois de ver isso se me ocorre uma coisa:

    • Vander Lissi

      Aah, vc tem que concordar que é fácil pra caramba tocar Nirvana…

      • anonimous

        só por ser fácil n quer dizer q não é musica po!!

        • Vander Lissi

          Sim, concordo, e ninguém falou que não é :)

          • oscar

            Eu compreendo que e facil.. estava so brincado XD

  • Alisson Alves de Araújo

    cara……tenta dar uma manobra de skate e vê se é fácil igual nos games do Tony Hawk….vc aperta x-o-o e sai um flip sla…..na raça vc pode apertar oq qser q até pra mandar um varial é treta!!!

  • Chico penico

    Queria dar uma sugestão a vocês fazerem uma matéria igual essa, porem coisas faceis na vida real que são dificeis no video game.

    • Opa, ótima ideia :)

      • Eric

        abrir uma porta, o cara tá com uma 12 e ao invés de dar um tiro ele tem que ir na primeira tela e pegar uma chave, vide Resident Evil

        • anonimous

          no clássico a munição era escassa, então o seu problema deve ser com o 4 e o 5…

          • Lucas Eduardo Limas

            Mesmo assim tu ainda pode esbarrar com a coronha e quebrar a massaneta!

    • Ronaldo

      Tipo andar no QWOP?!

  • Ediel Lins

    Óbvio que atirar vai ser difícil pro molequinho de 14 anos que joga CoD e o “boneco” usa armas com recoil que mais parece uma mola no braço.

    Atirar é questão de prática e procedimento (talvez costume). Claro que existem as exceções com recoil ridículo (tipo a desert eagle com barrel .50AE ou atirar com um rifle anti-material do quadril LOL), porém no geral é uso e habitualidade.

  • Gregory Farias

    criar um jogo, no game dev tycon é mo moleza criar a sony, nintendo, microsoft, ja na vida real…

  • Mallandrovisk

    Gostaria de saber o gosto musical de quem escreveu esse artigo…

    • 46164386

      pra todas as alternativas direi qu e funk

  • Volnei Prado

    Gol de bicicleta

  • Tom Spezia

    na real,não é dificil lutar apenas contra o Jon Jones,se vc manda bem nos tekken da vida e acha que sabe dar um soco…ta muito enganado! uma coisa que é facil nos games é atravessar cidades a pé,chegar em casa,esvaziar a bolsa e sair sem nem dar uma descansada!

  • Genio da lampada

    Ver uma granada perto de mim, e quando vou pegar e jogar longe ela me explode. Odeio quando acontece isso na vida real.

  • Gabriel

    e o que é música para você, meu caro? tá certo que algumas músicas do Legião/Nirvana são fáceis de tocar, mas nem todas são fáceis e isso também não desclassifica a qualidade da música bem como a de suas letras críticas e bem elaboradas. Sei que você estava falando sobre pessoas que não sabem tocar direito, mas dizer que nirvana é uma ”banda fácil que qualquer ameba consiga tocar”, pelo menos tem que haver um motivo para você alegar tal coisa.

    • anonimous

      concordo e acho Legião Urbana a melhor banda nacional de todos os tempos, concordo que ALGUMAS músicas são be fáceis de tocar (o próprio Renato Russo admitiu isso no seu dvd acústico da MTV) mas as letras são as mais bem elaboradas e poéticas q qualquer outra banda aqui do Brasil

      • Gabriel

        Com toda certeza, aliás eu acho até que Legião foi a última banda a escrever letras inteligentes e poéticas aqui no Brasil, porque daí depois de um tempo o rock começou a perder destaque na mídia, e hoje nós vemos funk e sertanejo serem destaques na mídia, na boa, respeito quem goste afinal gosto é gosto, mas dizer que ”lepo lepo” ou ”lek lek” são músicas bem elaboradas aí é estar forçando a barra. O que eu quero dizer é que por mais que sejam músicas fáceis, eram músicas bem trabalhadas e bem pensadas, diferente do que a gente vê hoje em dia, e segundo o autor do post, prefiro muito mais ouvir um cara tocando meia boca nirvana no violão, do que ter que ouvir um cara tocar sertanejo ou funk, e se alguém for me xingar, tudo bem, mas se puder me apresente uma boa música (no quesito qualidade, bem elaborada, letras inteligentes,etc.) de algum desses gêneros, pq até hoje eu nunca ouvi um que preste.

  • Uma Pessoa

    Kkkkk o tiozinho do final quando foi atirar e caiu as calças que foi daora huehuehuehuehue

  • Gregori Souza Silvestre

    O parkour se popularizou mais com Prince of Persia do que com essas modinhas aí…

    • HU3

      “modinhas”

  • TE FAINAU CAUNDAUUU
    TANANANAAA
    TANANANAAAA
    TANANANAAA
    TANANANANANANAAA

  • markolios shinobi

    axo que faltou ai um classico “Soltar Hadouken, ou Soltar Poder”

  • Pedro Henrique Soriano Fortuna

    Bater no Jones deve dar dor em quem bate

  • Lucas Eduardo Limas

    Vei… Atirar é exageradamente fácil! Claro que escalar prédios com a mão e bater no Jon Jones não são! Mas tem certas músicas que é mais fácil tocar na vida real do que no jogo :v

  • Tamur

    Nirvana e Legião são sim bandas muito boas, melhores que muitas bandinhas ai ….. Isso sim que é música de verdade.

  • Igneel

    os dois vídeos não carregam,o da vida real ‘-‘ foi “excluido” por causa de direitos autorais e.e

  • Davi P Bergamin

    como que vira a pagina, quero ver o 2 e 1

    • Davi P Bergamin

      ??