3% é a primeira série original brasileira do serviço de streaming , e uma surpresa agradável foi a Netflix ter anunciado que a série é a obra de língua não-inglesa mais assistida no Estados Unidos desde o seu lançamento no dia 25 de Novembro do ano passado.

Em uma entrevista para o Estado de São Paulo Erik Barmack, o vice-presidente da seção de Originais Internacionais da Netflix disse o seguinte:

“A série foi amplamente vista fora do Brasil em diversos países, o que nos mostra que há sempre um público para uma grande narrativa, seja com conteúdo produzido nos Estados Unidos, Brasil, Singapura, Austrália, Índia ou no Oriente Médio. O sucesso da série em todo o mundo nos levou a confirmar a segunda temporada assim que a série foi lançada. Os produtores, diretores e elenco brasileiros de 3% construíram uma série atraente que questiona a dinâmica da sociedade ao colocar os personagens em um processo de sobrevivência cruel para chegar ao ‘outro lado’.”

Essa informação é resultado de uma pesquisa realizada pela própria Netflix. Apesar de não divulgar números, foi revelado que 3% também é muito assistido em países como Austrália, Canadá, França, Itália, Coréia do Sul e Turquia.

A série é dirigida César Charlone e tem o roteiro por conta de Pedro Aguilera e já tem sua segunda temporada confirmada.


Você já faz parte do nosso Grupo no Facebook? Faça já parte e interaja com os redatores e outros leitores do site! Link para o grupo: https://www.facebook.com/groups/criticalhitscombr/

Gostou? Compartilhe!


Torne-se um patrão do site!

Você sabia que ao tornar-se um patrão do Critical Hits, você ajuda o site a continuar crescendo e ainda ganha vantagens exclusivas como acesso a um design mais clean sem propagandas, Critical Cast 5 dias antes de todo mundo e acesso ao nosso grupo secreto no Facebook/Whatsapp? Torne-se já um patrão você também!

Você já ouviu o Critical Cast dessa semana?


Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.